Homem é preso e confessa ter estuprado motorista próximo a Marginal Tietê

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo a polícia, Adriano Sobral da Silva, de 30 anos, foi preso na mesma região onde teria estuprado uma psicóloga que teve o carro quebrado na última quarta-feira

Agência Estado

A polícia prendeu na noite desta quinta-feira (23) um homem que confessou ter estuprado uma psicóloga de 34 anos na Marginal Tietê, na noite de quarta-feira (22), ao se passar por um mecânico para convencê-la a sair do seu carro, que havia quebrado e estava no acostamento. O suspeito foi localizado pela polícia na mesma região onde ocorreu o estupro, por volta das 19 horas.

Rafael Brito/Futura Press
Prisão e apresentação de Adriano Sobral da Silva de 30 anos, no 2° DP Bom Retiro, em São Paulo, na noite desta quinta-feira

Ele foi detido com uma chave de fenda no bolso semelhante à que teria sido usada para ameaçar a vítima. Os policiais o flagraram indo em direção a um outro veículo que estava também parado na pista. Um retrato falado feito pela vítima ajudou na identificação.

Adriano Sobral da Silva, de 30 anos, é de Pernambuco e está em São Paulo há um ano. "Eu tenho de pagar pelo que fiz", disse ele ao delegado. Também contou que havia fumado 10 pedras de crack antes de cometer o crime e que é usuário da droga há seis anos.

No seu depoimento à polícia, no 2º DP (Bom Retiro), ele se apresentou como morador de rua e também declarou ter ficado três meses preso depois de bater em uma ex-companheira. O delegado titular do 2º DP, Eduardo Castanho, pediu à Justiça a prisão temporária do acusado.

Crime

De acordo com a vítima, seu carro quebrou próximo ao cruzamento da avenida do Estado com avenida Castello Branco. O estuprador chegou a pé e se ofereceu para ajudar. Convenceu a vítima a acompanha-lo até uma oficina próxima dali.

No meio do caminho, no entanto, ela percebeu que se tratava de uma armadilha, mas já era tarde. Ameaçada pelo estuprador com uma ferramenta, o criminoso a estuprou, fugindo em seguida. A motorista foi ajudada por moradores da região. Ela foi levada até uma base próxima da Guarda Civil Municipal, depois ao Hospital para exame de corpo de delito.

Leia tudo sobre: estupromarginal tietêigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas