Passagem do Metrô de São Paulo vai subir para R$ 3,40, diz sindicato

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Metrô nega que reajuste já esteja definido; sindicato afirma que nova tarifa passaria a valer a partir do dia 1º de junho

Agência Estado

Alex Falcão/Futura Press
Imagem da estação Pinheiros fora do horário de pico

Em carta aberta à população de São Paulo - e em meio a uma campanha salarial que caminha para nova greve -, o Sindicato dos Metroviários disse que a passagem do Metrô vai ser reajustada para R$ 3,40 no dia 1º.

A informação, segundo os sindicalistas, vem circulando no Metrô desde fevereiro. O índice de reajuste, por esse valor, ficaria em 13,3%, portanto acima da inflação acumulada desde fevereiro do ano passado, que foi de 8,9%.

O Metrô, entretanto, nega que o reajuste já esteja definido - tanto o valor da tarifa quanto a data exata do reajuste. Em nota, a empresa diz que "qualquer especulação sobre um possível valor, neste momento, seria irresponsável e um desrespeito aos usuários". Os estudos técnicos que justificam o reajuste da tarifa, que têm de ser apresentados à Assembleia Legislativa, ainda não estão finalizados segundo o Metrô. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: metrôigspreajustetarifa de metrôpassagens

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas