Polícia busca imagens de acidente com Ferrari de R$ 2 milhões em São Paulo

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Veículo ficou destruído ao bater em um poste, em uma alça de acesso da Marginal Tietê à Rodovia Castello Branco. Motorista e passageiro não foram identificados pela polícia

Agência Estado

A polícia busca imagens de câmeras no trecho onde ocorreu um acidente com uma Ferrari avaliada em R$ 2 milhões na madrugada desta segunda-feira (13), no Cebolão, na zona oeste de São Paulo.

O acidente: Ferrari é destruída em acidente na Marginal Tietê, em São Paulo
O carro: Saiba mais sobre a Ferrari 458 Spider

Motorista perdeu o controle, bateu em um poste e passou para a outra pista do Cebolão. Foto: Edison Temoteo/Futura PressDe acordo com testemunhas, o veículo estava em alta velocidade. Foto: Edison Temoteo/Futura PressOutro ângulo da Ferrari acidentada em São Paulo, nesta segunda-feira. Foto: Edison Temoteo/Futura PressOutro ângulo da Ferrari acidentada em São Paulo, nesta segunda-feira. Foto: Edison Temoteo/Futura PressFerrari ficou destruída após a colisão. Foto: Edison Temoteo/Futura PressFerrari 458 Spider ficou destruída após acidente. Foto: Edison Temoteo/Futura PressVeículo custa aproximadamente R$ 2 milhões no Brasil. Foto: Edison Temoteo/Futura Press

Na colisão, o veículo ficou destruído ao bater em um poste, em uma alça de acesso da Marginal Tietê à Rodovia Castello Branco.

Veja outros acidentes com carros de luxo:
Ferrari avaliada em R$ 1 milhão bate e é abandonada em Minas Gerais
Exibição: Ferrari atropela três pessoas no Aterro do Flamengo
Oito Ferraris: Acidente com 14 carros de luxo deixa 10 feridos no Japão

Edison Temoteo/Futura Press
Frente da Ferrari acidentada em São Paulo, nesta segunda-feira

A PM informou que o casal que estava no carro de luxo já havia saído do local quando os agentes chegaram. Testemunhas disseram que os dois tinham ferimentos leves e foram levados por um pessoa que os buscou de carro.

O registro da ocorrência feito pelos policiais não indica a identidade do casal e quem estava dirigindo. A Ferrari, segundo a PM, está em nome de uma empresa.

De acordo com o porta-voz da PM, Sérgio Marques, as imagens foram solicitadas à concessionária ViaOeste. A ocorrência será levada a uma das delegacias da região para investigação.

"A priori, não houve vítima. Então não existe necessidade de vistoria no veículo", diz Marques. Segundo ele, a provável causa do acidente é falha humana ou excesso de velocidade.


Leia tudo sobre: ferrariacidente com ferrarivia oesteacidenteigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas