Anac fiscaliza aeronaves em seis aeroportos de São Paulo

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Nos primeiros dias de vistoria, o órgão impediu o voo de 49 dos 209 aviões em quatro cidades do Estado. É a quinta operação especial realizada pelo órgão na aviação

Agência Brasil

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) conclui nesta sexta-feira a operação, iniciada na última terça, de fiscalização de helicópteros e aviões de pequeno e médio porte que operam em seis aeroportos do Estado de São Paulo. Nos dois primeiros dias de vistoria, 49 das 209 aeronaves foram impedidas de voar por apresentarem irregularidades.

Futura Press
Movimentação no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, que passa pela fiscalização da Anac

Leia também: Anac intensifica fiscalização em doze aeroportos

O impedimento será mantido até que o operador responsável regularize as pendências identificadas pelos técnicos. Ao todo, quatro cidades paulistas estão incluídas na operação: a capital, com os aeroportos de Congonhas e Campo de Marte; Jundiaí, com o Aeroporto Comandante Rolim Adolfo Amaro; Sorocaba, com o Aeroporto Bertram Luiz Leupolz; e Campinas, no Campo dos Amarais.

O balanço final da fiscalização deve ser divulgado na próxima segunda-feira (13). Esta é a quinta operação especial de fiscalização na aviação geral feita pela Anac. A iniciativa teve início em janeiro. Desde então, quatro localidades foram vistoriadas: a capital fluminense, a região de Angra dos Reis (RJ), a região oeste de São Paulo e Manaus.

De acordo com o órgão, o objetivo, além de identificar irregularidades, é atuar de forma preventiva. Três órgãos participam das fiscalizações: Receita Federal, Polícia Federal e Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea).

Leia tudo sobre: anacoperaçãofiscalizaçãoaeroportos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas