Coletivo foi atacado na região da av. Nações Unidas após a prisão de assaltantes em uma favela. Mais cedo, policial disparou contra suspeitos durante tentativa de assalto

Agência Estado

Um ônibus incendiado na avenida Manuel Bandeira, na altura da avenida das Nações Unidas, bloqueou totalmente a via no sentido Castelo Branco nessa quarta-feira, dia 1º. Segundo a Polícia Militar, o protesto foi motivado por uma tentativa de assalto fracassada.

Mais: Ônibus biarticulado é queimado na zona sul de São Paulo

Um policial se defendeu de uma ação de ladrões no local, disparando contra dois supostos criminosos. Posteriormente, eles foram detidos em uma favela próxima, o que teria motivado o protesto.

O ônibus foi incendiado na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo, numa manifestação que se iniciou às 16h22, segundo a CET. O órgão de trânsito não soube informar a linha, mas tratava-se de um coletivo da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). A assessoria do Corpo de Bombeiros afirmou que não atendeu a nenhuma ocorrência no local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.