Ricardo Teixeira, secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente, defende a ampliação do rodízio municipal de veículos. "A poluição também está fora do centro expandido", defende

Agência Estado

O secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo, Ricardo Teixeira (PV), defendeu que o rodízio de veículos na capital funcione o dia todo e em mais bairros na capital paulista. Hoje o horário é das 7h às 10h e das 17h às 20h. Ele sugere que vigore das 6h às 18h.

Leia tambémTrânsito piora 23% em São Paulo após volta do rodízio
'Vamos aumentar a velocidade do ônibus e diminuir a do carro em SP', diz Tatto

Hoje o rodízio em São Paulo vigora das 7h às 10h e das 17h às 20h
Arquivo iG
Hoje o rodízio em São Paulo vigora das 7h às 10h e das 17h às 20h

O secretário, que participou de audiência realizada nesta quarta-feira (24) na Câmara Municipal de São Paulo, também quer que a restrição de circulação de veículos que leva em conta o final da placa seja ampliado para bairros fora do centro expandido, como o Morumbi, na zona sul.

"Acho que o rodízio deveria ser expandido para toda a cidade de São Paulo. Se fosse ampliado para todos os bairros, poderia contribuir para o meio ambiente", argumentou Teixeira, que foi engenheiro da CET. "A poluição também está nos bairros fora do centro expandido", acrescenta.

Teixeira ressaltou ao final do encontro que esta era uma posição pessoal, que seria levada ao prefeito Fernando Haddad (PT). Ele e outros especialistas em transportes participaram de audiência que discutia o projeto do vereador Mário Covas Neto (PSDB) que pede a anistia da multa do rodízio para motoristas não reincidentes. Covas discordou que o rodízio deva ser ampliado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.