Idosa de 67 anos é presa após roubar dinheiro de passageira em trem da CPTM

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Com o vagão lotado, a senhora se ofereceu para segurar a bolsa da vítima. Ao se descuidar, passageira viu aposentada retirando R$ 287 de sua carteira e avisou seguranças na estação

Uma prisão surpreendeu agentes da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) de São Paulo. Na tarde de segunda-feira (22), uma aposentada de 67 anos foi detida após roubar R$ 287 da bolsa de uma passageira. O método foi o que chamou a atenção. Sentada no banco de um vagão da Linha 11-Coral (Guaianazes-Estudantes), a idosa Z.C. se ofereceu para segurar a bolsa de uma copeira de 34 anos, que voltava para casa, em Suzano, na Grande São Paulo.

Mais: Menino de 11 anos é apreendido após participar de roubos em São Paulo

A passageira então notou que havia algo de errado com o gesto de gentileza da idosa. E suspeitou que ela estivesse subtraindo dinheiro de sua carteira, no interior da bolsa. Imediatamente, pegou a bolsa de volta e desembarcou na estação Suzano, onde procurou agentes de segurança da CPTM, relatando o caso.

Os policiais ferroviários encontraram a suspeita e a encaminharam para a delegacia da cidade. No DP, a ficha da "vovó" foi puxada: 13 registros criminais, sendo 10 por furtos. Segundo a polícia, o dinheiro foi encontrado com a idosa e foi devolvido para a vítima. Já a senhora foi levada para uma penitenciária na região. 

Ocorrência nos trens

Estatísticas da Secretaria Estadual da Segurança Pública indicam que foram registrados 711 casos de furto no Metrô e na CPTM nos dois primeiros meses deste ano, mais do que o dobro que as 316 ocorrências no mesmo período de 2012.

A Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos informou que o indicador de ocorrências de segurança pública do sistema do Metrô em 2013, no acumulado janeiro e fevereiro, "foi de 0,79 ocorrências por milhão de passageiros transportados".

Além disso, disse a pasta, "em aproximadamente 10 anos, o Metrô reduziu em 85% o índice de ocorrências policiais registradas nas estações para cada milhão de passageiros". Também existem 24 câmeras de vigilância em cada trem, "totalizando 1.416 câmeras internas nas composições".

*com Agência Estado

Leia tudo sobre: cptmigsproubotrem

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas