Vigia mata supervisor após discussão em banco na avenida Paulista, em São Paulo

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Disparo foi feito após um desentendimento entre funcionários de uma empresa terceirizada que presta serviços para o banco Itaú

Agência Estado

Um vigia atirou contra seu supervisor em uma agência bancária na avenida Paulista, em São Paulo, por volta das 17h desta terça-feira (9). De acordo com a Polícia Militar, um desentendimento sobre uma causa trabalhista motivou o disparo. O funcionário baleado foi levado ao Hospital das Clínicas da capital, mas não resistiu e morreu.

Veja também: Vídeo mostra vigia atirando em cliente em banco na Grande São Paulo

Futura Press
Fachada da agência do Banco Itaú, na Avenida Paulista em São Paulo, na manhã desta quarta-feira

Segundo a assessoria de imprensa do banco Itaú, os dois envolvidos são funcionários de uma empresa de segurança terceirizada, a Vanguarda. O banco disse ainda que acompanha o caso e prestará todos os esclarecimentos necessários às autoridades.

Em nota, a Vanguarda lamentou o caso e disse que prestará total assistência aos familiares da vítima. Segundo a empresa, os dois funcionários trabalhavam na companhia desde 2008 e "sempre apresentaram comportamento profissional exemplar e nunca se envolveram em qualquer tipo de conflito".

O motivo que desencadeou a discussão ainda será investigado. O vigia foi preso e levado ao 78º Distrito Policial da cidade.

Leia tudo sobre: banco itaúdisparotirosavenida paulistaigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas