Três são presos por chacina em pizzaria na Grande São Paulo

Por Agência Estado | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Homem encapuzado armado invadiu o local e deixou quatro mortos, em Cotia. Segundo a Polícia Militar, atirador de 26 anos e dono do estabalecimento eram inimigos

Agência Estado

Uma chacina em uma pizzaria, na noite quinta-feira (14), em Cotia, Grande SP, deixou quatro pessoas mortas. Dois homens invadiram o estabelecimento na Estrada dos Pereiras, no distrito de Caucaia do Alto, e dispararam tiros com uma espingarda calibre 12 contra o proprietário e três clientes.

Mais: Grupo explode agência e atira em base da Polícia Militar no interior paulista

Edu Silva/Futura Press
Pizzaria em Cotia, na Grande SP, foi atacada por volta das 20h; quatro foram mortos no ataque

Duas vítimas faleceram no local e duas foram levadas ao pronto-socorro de Cotia, mas não resistiram. Os suspeitos foram presos. Segundo a Polícia Militar, um homem encapuzado armado invadiu o local e efetuou os disparos.

As vítimas foram o dono da pizzaria, Gleiner Quintanilha Silva, de 33 anos, irmão de um PM, e três clientes: Sidnei Lúcio da Costa, de 29 anos, Adilson Freire de Araújo, de 35 anos, e Carlos Alberto dos Santos, cuja idade não foi revelada.

Os suspeitos presos pela Polícia Militar são Tiago Rosa de Oliveira, de 26 anos, que teria atirado contra as vítimas, e Alessandro Mendes Ferreira, de 26 anos, que conduzia a moto. Por volta das 5 horas, um terceiro homem, ainda não identificado, também foi detido, com a arma do crime. O caso ainda não foi encerrado. Segundo testemunhas, o autor dos disparos e o dono da pizzaria eram inimigos.

Leia tudo sobre: igspchacinapizzariacotiagrande são paulo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas