Grupo explode agência e atira em base da Polícia Militar no interior paulista

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Quadrilha usou dinamite para explodir um caixa eletrônico na cidade de Analândia, no interior de São Paulo. Homens ainda dispararam dezenas de tiros contra uma base da Polícia Militar

Agência Estado

Uma quadrilha usou dinamite para explodir um caixa eletrônico do banco Bradesco, na madrugada desta quinta-feira, em Analândia, no interior de São Paulo. A força da explosão destruiu a agência. Todo o dinheiro que havia no caixa foi levado.

Leia também:
Polícia prende dois por roubo a caixa eletrônico em sacolão em São Paulo
Polícia prende homem que sacou R$ 87 mil de caixa eletrônico em SP

O grupo, com pelo menos oito homens, disparou dezenas de tiros contra uma base da Polícia Militar. Uma viatura teve a lataria perfurada pelos disparos. Os bandidos conseguiram fugir em pelo menos dois carros.

Os policiais recolheram cápsulas de calibre 12, ponto 45 e 9 mm que ficaram pelo chão. Uma banana de dinamite não explodiu e foi retirada pelo Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar.

Os veículos usados na fuga foram abandonados numa estrada rural do município. A agência não abriu as portas durante o dia todo, mas os clientes foram orientados a usar caixas expressos instalados no comércio da cidade.

De acordo com a PM, as quadrilhas passaram a mirar as cidades pequenas e com pouco policiamento para os ataques. Este mês, agências foram explodidas em Porto Feliz e Iperó - nesta cidade, três homens, entre eles um policial militar, foram presos, suspeitos de participação no crime.

Leia tudo sobre: caixa eletrônicobancoexplosãoanalândia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas