Ciclista teve o braço amputado e foi encaminhado ao Hospital das Clínicas. Alex Siwek fugiu sem prestar socorro e se apresentou voluntariamente à polícia horas depois do acidente

O motorista Alex Siwek que atropelou o ciclista que perdeu um braço na Avenida Paulista, chega ao 78º DP na região dos Jardins em São Paulo
Luiz Claudio Barbosa/Futura Press
O motorista Alex Siwek que atropelou o ciclista que perdeu um braço na Avenida Paulista, chega ao 78º DP na região dos Jardins em São Paulo

O motorista Alex Siwek, que atropelou um ciclista na avenida paulista neste domingo (10), foi encaminhado para a Casa de Detenção Provisória Belém II, em São Paulo. De acordo com o Serviço de Administração Penitenciário, Siwek estará em Regime de observação, isolado dos outros presos e só podendo receber visita de advogados. O ciclista David Santos de Moura teve o braço amputado e foi encaminhado ao Hospital das Clínicas.

Leia mais: Menor de 25 anos e homem é o perfil do ciclista acidentado no Brasil

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado no 78º DP (Jardins), o estudante vai responder por tentativa de homicídio, fuga do local do acidente, embriaguez ao volante e manobras arriscadas.

Hospital: Ciclista atropelado tem quadro estável

Leia também:  Ciclista tem o braço amputado em acidente na avenida Paulista

Pouco mais de 1 ano: Ciclista morre atropelada por ônibus na avenida Paulista

O acidente ocorreu na madrugada de domingo, e Siwek, que voltava de uma festa com um amigo, fugiu sem prestar socorro. De acordo com o Boletim de Ocorrência, Siwek estava "em alta velocidade e ultrapassava os carros, aparentemente embriagado, quando invadiu a faixa do ciclista".

Horas depois ele se apresentou voluntariamente à polícia. Ao refazer o trajeto após o atropelamento, o homem teria confessado que ao perceber que o braço da vítima ficou preso no carro, ele jogou o membro em um córrego na região da avenida Ricardo Jafet, na zona sul da cidade. Siwex passou a noite na 2ª DP de São Paulo, no Bom Retiro. 

Os bombeiros atenderam o chamado às 5h50 e levaram ciclista ao pronto socorro do Hospital das Clínicas (HC). Segundo o hospital, a vítima já chegou com o braço amputado, passou por uma cirurgia no final da tarde de ontem e seu estado está "estável".

Veja vídeo:

O acidente ocorreu no cruzamento com a avenida Maria Figueiredo, sentido Paraíso, próximo à estação Brigadeiro do Metrô. No local, aos domingos e feriados, é implantada a ciclofaixa de lazer das 7h às 16h. No momento do acidente, a faixa exclusiva ainda não estava em funcionamento, apesar de alguns cones já estarem no local para iniciar a separação entre carros e bicicletas. Devido ao acidente, três faixas da esquerda da avenida Paulista, no sentido Paraíso, foram interditadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.