Motorista invade calçada, mata dois e foge deixando a mulher ferida em SP

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Acidente aconteceu neste domingo em Sorocaba, no interior paulista. Motorista e um acompanhante fugiram do local, deixando as suas mulheres feridas dentro do carro

Agência Estado

O motorista de um automóvel Fiat Dobló perdeu o controle do carro neste domingo (24), subiu na calçada e atropelou e matou duas pessoas, em Sorocaba, no interior de São Paulo. O veículo só parou depois de atingir e derrubar um muro. O motorista, identificado como Adegilson Henrique de Souza, e um rapaz que o acompanhava fugiram do local, deixando no veículo as respectivas esposas, feridas no acidente.

Leia também: Homem atropela e mata mulher no Aeroporto de Congonhas

A Polícia Civil acredita que o causador do acidente dirigia embriagado. Policiais deram buscas em sua casa, mas não o localizaram. Até a tarde desta segunda-feira, ele não tinha se apresentado.

O acidente ocorreu na avenina Itavuvu, uma das principais vias da zona norte. As vítimas, Fernando William Fogaça, de 23 anos, e Robson Marques Costa, de 29, voltavam a pé de um shopping situado nas proximidades.

O veículo dirigido por Adegilson atingiu-os sobre a calçada, prensando os corpos contra o muro. Os dois rapazes morreram na hora. Quando a Polícia Militar chegou, encontrou apenas as mulheres feridas e os dois amigos já mortos.

A mulher do motorista, Socorro Teodósio Silva Barros, de 37 anos, e a irmã dela, Simone Laurentino da Silva, de 28, foram levadas para o Hospital Regional e receberam alta no domingo. Elas não souberam explicar a causa do acidente nem porque seus maridos fugiram.

O delegado seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, disse que a fuga do local do acidente agrava a situação do motorista. Ele será indiciado por homicídio culposo, mas pode ser reclassificado como dolo eventual, se ficar comprovado que dirigia após ingerir álcool.

Leia tudo sobre: sorocabaacidenteatropelamento

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas