Texto da decisão da juíza de Taubaté citou o bom comportamento carcerário de Cristian e Daniel Cravinhos. Eles estão presos desde 2002 após condenação no Caso Richthofen

Os irmãos Cristian e Daniel Cravinhos quando foram presos em 2002, em São Paulo
AE
Os irmãos Cristian e Daniel Cravinhos quando foram presos em 2002, em São Paulo

Os irmãos Cristian e Daniel Cravinhos de Paula e Silva irão cumprir regime semiaberto o restante da pena a que foram condenados pelas mortes dos pais de Suzane von Richthofen, que também está presa em Tremembé, no interior de São Paulo. Na época do crime, em 2002, Daniel era namorado de Suzane e juntos planejaram o assassinato de Mandred e Marísia Richthofen.

Relembre o Caso Suzane von Richthofen

A decisão foi da Vara das Execuções Criminais e Anexo da Corregedoria dos Presídios de Taubaté que atendeu ao pedido para progressão de regime (do fechado para o semiaberto), formulado pela defesa de Cristian e Daniel. O Ministério Público apresentou parecer favorável à progressão.

Tremembé: Suzane von Richthofen e Anna Carolina Jatobá aparecem juntas em presídio

No texto da decisão, a juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani afirmou que Cristian (condenado a 38 anos, 1 mês e 18 dias de reclusão) e Daniel (a 38 anos, 11 meses e 17 dias) vêm mantendo bom comportamento carcerário. Tal fato foi confirmado em um atestado assinado pelo diretor da unidade prisional do Tremembé, onde a dupla segue presa desde 2002. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.