Prefeito de Americana suspende alvará de todas as casas noturnas da cidade

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Prefeitura convocará os proprietários para uma reunião para apresentação de todas as exigências necessárias para a obtenção dos novos alvarás de funcionamento

Agência Estado

Agência Estado

A prefeitura de Americana, no interior de São Paulo, cassou o alvará de todas as boates da cidade, nesta segunda-feira (28), após a tragédia em Santa Maria (RS), no último final de semana. O prefeito Diego De Nadai (PSDB) anunciou que estão suspensos todos os alvarás de funcionamento das casas noturnas e que também será intensificada a fiscalização em todos os bares e restaurantes que realizam eventos sociais.

Infográfico: Veja como aconteceu o incêndio na boate Kiss
Galeria : Saiba quem são as vítimas do incêndio em boate de Santa Maria

A medida foi tomada após reunião do prefeito com o secretário de Serviços Urbanos, Allan Jonas Duarte, e o diretor da Defesa Civil, Fred Alves. Nesta terça-feira (29), a prefeitura publica decreto que determina a suspensão dos alvarás, mesmo os vigentes.

"Vamos fiscalizar a presença de brigadistas nesses locais conforme a instrução técnica do Corpo de Bombeiros, e por isso se faz necessária a suspensão para a regularização de todas as casas. Queremos prevenir Americana de qualquer acidente ou fatalidade como essa".

Pelo menos 10 estabelecimentos serão afetados pela medida. A prefeitura convocará a partir desta terça-feira (29) todos os proprietários para uma reunião para apresentação de todas as exigências necessárias para a obtenção dos novos alvarás de funcionamento.

Hoje a prefeitura de Americana exige projeto aprovado, habite-se, Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e projeto acústico para que o alvará permanente seja emitido. O alvará permanente é renovado a cada dois anos.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas