"O PCC será derrotado", diz ministro da Justiça

Por Vasconcelo Quadros e Clarissa Oliveira - iG Brasília |

compartilhe

Tamanho do texto

Em entrevista ao iG, José Eduardo Cardozo afirmou que crise de relacionamento do Planalto com governo tucano foi superada

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse, em entrevista ao iG, que a Polícia Federal e os órgãos de segurança de São Paulo estão vencendo a guerra contra o PCC. “Vamos derrotar a organização”, afirma o ministro.

Segundo ele, com equipamentos, inteligência e ações conjuntas, as polícias estão “minando” o poder de fogo da organização que controla roubo e tráfico de dentro das cadeias, mata policiais e assombra a população paulista desde 2001.

Leia também: União e governos estaduais devem se unir contra o crime, diz Cardozo

O cerco aos criminosos está sendo feito por meio de investigações e operações nas estradas, aeroportos e, em breve, nos portos paulistas. O objetivo é enfraquecer o PCC e as demais quadrilhas que atuam também em outros Estados.

O Ministério da Justiça está ajudando a combater o uso de celulares nas cadeias e implantará no Estado seu programa de controle do crack e tratamento de viciados.

Além de uma agência de inteligência que já reúne na mesma sala policiais federais e estaduais, ainda este ano serão entregues a São Paulo equipamentos de comunicação para montar o Centro de Comando e Controle, o primeiro passo da sinergia entre os órgãos de segurança.

Cardozo sustenta que a Copa do Mundo deixará como legado “um avanço de décadas” no padrão de segurança pública. Com os equipamentos e a experiência que surgirão do evento, o governo executará a partir de São Paulo um plano nacional contra o crime cujo carro chefe será a integração das polícias.

Novidade: Veja mais notícias da capital paulista no site iG São Paulo 

Cardozo diz que a crise de relacionamento com o governo tucano foi superada depois do diálogo entre a presidente Dilma Rousseff e o governador Geraldo Alckmin no ano passado.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas