Feriado do Natal registrou 41 mortes nas rodovias do Estado e Ano Novo teve 23. Acidentes mais comuns (65%) foram colisão frontal e atropelamentos

Agência Brasil

O número de mortes nas estradas de São Paulo caiu 43,9% no feriado de Ano Novo em comparação ao do Natal. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), 23 pessoas morreram nas estradas paulistas entre os dias 28 de dezembro de 2012 e 1º de janeiro deste ano. No Natal foram registradas 41 mortes.

Volta do feriado: Acompanhe em tempo real o movimento das estradas no País

Estradas federais têm aumento de 37,8% no número de mortos no feriado de Natal

A polícia usou o Natal deste ano como base de comparação por ser um período idêntico, de condições climáticas semelhantes e com o mesmo número de dias. A comparação não foi feita tendo como base a passagem de ano 2011/2012 já que naquela ocasião o feriado caiu em um domingo.

Colisão e atropelamentos

Entre os acidentes com mortes, mais de 65% decorreram de acidentes do tipo colisão frontal (principalmente em ultrapassagens), choque com obstáculo parado e atropelamentos. De acordo com o levantamento, 566 pessoas ficaram feridas em 1.032 acidentes anotados nos 22 mil km de rodovias estaduais no feriado de Ano Novo.

Durante a Operação Ano Novo, a Polícia Rodoviária fez 18.102 autuações por infrações de trânsito, sendo que 2.278 delas foram por falta de uso obrigatório do cinto de segurança.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.