Com nova lei seca, um motorista é flagrado por hora

Das 48 pessoas multadas no último fim de semana, quando passou a vigorar lei mais rígida, oito estavam tão alcoolizadas que terminaram presas

Agência Estado |

Agência Estado

O primeiro fim de semana de verão - e de vigência da nova lei seca - na capital paulista foi marcado pelo flagrante de um motorista dirigindo bêbado a cada hora e uma série de acidentes de trânsito graves, um deles com duas mortes. Ao todo, 48 pessoas foram multadas nas blitz da Polícia Militar por excesso de bebida e oito delas estavam tão alcoolizadas que terminaram presas.

Em vigor: No primeiro fim de semana da nova Lei Seca, 48 motoristas são autuados em SP

Desde sexta: Dilma sanciona nova Lei Seca

A PM fez dez bloqueios na cidade no fim de semana e abordou 700 condutores. Segundo balanço da própria polícia, apenas duas delas se recusaram a fazer o teste do bafômetro - e sete foram submetidas a exames clínicos, que agora podem ser prova da embriaguez do motorista em processos judiciais.

A quantidade de flagrantes, no entanto, está dentro da média registrada em 2012 na cidade - um indicativo de que as mudanças na lei seca ainda não se refletiram em mais cuidado por parte dos motoristas.

Balanço divulgado no começo do mês mostrou que, neste ano, 8.784 pessoas foram flagradas embriagadas ao volante até 11 de dezembro. Além de também significar média de uma pessoa por hora, o número é quase o dobro do registrado no ano passado inteiro (4.707).

A diferença é que os pessoas flagrados nesse fim de semana vão pagar uma multa muito mais pesada. E agora a polícia pode usar testemunhos de qualquer pessoa para atestar a bebedeira de um motorista.

    Leia tudo sobre: lei secaembriagezblitz da lei seca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG