Ex-PM e mais nove pessoas são assassinadas na Grande São Paulo

Crimes ocorreram entre noite de domingo (2) e madrugada desta segunda-feira. Em Jandira, por exemplo, seis pessoas foram baleadas em ocorrências diferentes

Agência Estado |

Agência Estado

Dez pessoas morreram e outras oito ficaram feridas na capital e na região metropolitana de São Paulo entre a noite deste domingo (2) e a madrugada desta segunda-feira. Entre as vítimas fatais estão um ex-policial militar, assassinado em Guarulhos, e um guarda civil municipal, morto a tiros em Jandira.

Leia também:  Onda de mortes em SP coloca Ouvidoria em crise de legitimidade

O ex-PM foi morto no bairro de Itapegica. Homens que ocupavam um Fox passaram em frente a um bar, na rua Coronel Rafael Tobias, e iniciaram os disparos. Seis pessoas foram baleadas e tiveram de ser levadas para o Hospital Padre Bento. O ex-policial e um homem de 50 anos morreram.

Marco A. Gonçalves / Futura Press
Homem foi assassinado no domingo (2) no parque Santo Antônio, na região de Itapevi

Em Jandira, outras seis pessoas foram baleadas em ocorrências diferentes. O guarda civil municipal Givanildo Henrique da Silva, de 40 anos, foi morto a tiros em um bar na Rua Amaralina, no Vale do Sol, por volta das 20h30. Silva ainda foi levado ao pronto-socorro do Jardim Silveira, na cidade de Barueri, mas não resistiu.

Por volta das 21h, outras duas pessoas foram baleadas por motoqueiros em um bar da rua João Fioshi, esquina com rua João Del Mouro, no Jardim Lindomar. Uma das vítimas morreu na hora. A outra foi encaminhada ao pronto-socorro municipal de Jandira.

Leia notícias sobre ataques à polícia de São Paulo

No início da madrugada, mais duas pessoas foram feridas a tiros na esquina das ruas Pedro Pereira Leite e Juvenal Marques de Oliveira, na Vila Mercedes. Elas foram socorridas no Hospital Regional de Cotia. Às 2h da madrugada, a polícia encontrou um homem morto na rua Ailton Esteves de Melo, no Jardim Esmeralda.

Em Itapevi, quatro homens tentaram assaltar um ônibus no terminal urbano da cidade com uma arma de brinquedo, mas fugiram depois de o motorista reagir. Flagrados por policiais militares na rua Professor Irineu Chaluppe, o bando ainda tentou assaltar uma mulher. Um deles, menor de idade, teria apontado a falsa arma para os policiais e foi baleado. Ele foi internado no Hospital Geral de Itapevi e seu estado de saúde não foi informado; os outros membros do grupo conseguiram fugir.

Na zona norte da capital paulista, um homem foi ferido a tiros quando chegava em casa, na rua Paranhos Pederneiras, esquina com rua Belchior de Ordas, na Vila Guilherme. A vítima, com passagens pela Polícia, morreu no pronto-socorro do Mandaqui.

No final da noite, no Parque Santo Antônio, zona sul de São Paulo, um homem foi achado morto a tiros na rua Altino Alves de Abreu. Na zona leste, PMs da Força Tática do 19 º Batalhão trocaram tiros com um homem na rua Rodrigues Guerra, no interior da Favela Elba. O suspeito foi baleado e morreu no pronto-socorro do Sapopemba.

Por fim, no início da manhã desta segunda-feira, dois homens foram encontrados mortos dentro de um Volkswagen Fox na avenida Ragueb Chohfi , na zona leste de São Paulo. 

    Leia tudo sobre: grande são pauloguarulhosjandirabaleadaataquesapolicia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG