Organizado pelo governo do Estado, evento reúne cerca de 500 pessoas, entre elas cadeirantes, em defesa dos direitos de pessoas com deficiência

Agência Estado

Cerca de 500 pessoas, entre elas cadeirantes, fazem uma passeata pela Avenida Paulista com destino ao Museu de Arte de São Paulo (Masp) para celebrar a 3ª Virada Inclusiva, realizada na capital de São Paulo e em mais de 80 cidades do Estado deste sábado até segunda-feira.

Manifestantes participam da 3ª Virada Inclusiva em direção ao MASP
Futura Press
Manifestantes participam da 3ª Virada Inclusiva em direção ao MASP

Os participantes partiram da Praça Oswaldo Cruz por volta das 11h45 e às13h ocupavam três das quatro faixas da avenida no sentido Consolação, informou a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Motoristas enfrentam lentidão por aproximação.

A Virada Inclusiva é organizada pelo governo do Estado, em parceria com municípios e com a iniciativa privada. São mais de 800 atividades esportivas e culturais distribuídas pelas cidades participantes, que marcam o Dia Mundial da Pessoa com Deficiência, comemorado na segunda-feira.

Como todas as entidades participantes do evento estão atuando como voluntárias, o investimento público é de R$ 300 mil, com organização e produção. Até segunda-feira, haverá transporte gratuito para unidades do Sesc e para o Ibirapuera em vans adaptadas.

Mais informações e a programação completa pode ser consultada no site http://viradainclusiva.sedpcd.sp.gov.br/

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.