Passeata da Virada Inclusiva bloqueia faixas e causa lentidão na Paulista

Organizado pelo governo do Estado, evento reúne cerca de 500 pessoas, entre elas cadeirantes, em defesa dos direitos de pessoas com deficiência

Agência Estado |

Agência Estado

Cerca de 500 pessoas, entre elas cadeirantes, fazem uma passeata pela Avenida Paulista com destino ao Museu de Arte de São Paulo (Masp) para celebrar a 3ª Virada Inclusiva, realizada na capital de São Paulo e em mais de 80 cidades do Estado deste sábado até segunda-feira.

Futura Press
Manifestantes participam da 3ª Virada Inclusiva em direção ao MASP

Os participantes partiram da Praça Oswaldo Cruz por volta das 11h45 e às13h ocupavam três das quatro faixas da avenida no sentido Consolação, informou a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Motoristas enfrentam lentidão por aproximação.

A Virada Inclusiva é organizada pelo governo do Estado, em parceria com municípios e com a iniciativa privada. São mais de 800 atividades esportivas e culturais distribuídas pelas cidades participantes, que marcam o Dia Mundial da Pessoa com Deficiência, comemorado na segunda-feira.

Como todas as entidades participantes do evento estão atuando como voluntárias, o investimento público é de R$ 300 mil, com organização e produção. Até segunda-feira, haverá transporte gratuito para unidades do Sesc e para o Ibirapuera em vans adaptadas.

Mais informações e a programação completa pode ser consultada no site http://viradainclusiva.sedpcd.sp.gov.br/

    Leia tudo sobre: GERAL

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG