Corpo de empresário encontrado morto e algemado é enterrado em São Paulo

Vítima de sequestro foi morta com quatro tiros de fuzil em Diadema; ninguém foi preso

iG São Paulo | - Atualizada às

Futura Press
Parentes e amigos participam de enterro do empresário no cemitério de Congonhas, São Paulo

O corpo do empresário Alexssandro da Silva Gomes, de 38 anos, encontrado morto e algemado na madrugada desta terça-feira em Diadema, região metropolitana de São Paulo, foi enterrado na manhã de hoje, no Cemitério de Congonhas, na zona sul de São Paulo. A divisão de antisequestro de Diadema e o delegado Nelsón Canelói, da divisão de homicídios, investigam o caso. Até o momento, ninguém foi preso.

Leia também: Assaltante é morto após tiroteio com polícia em Osasco

Dono de uma concessionária de veículos de luxo na avenida Washington Luís, próximo ao Aeroporto de Congonhas, Alexssandro foi rendido quando deixava a loja na tarde de segunda-feira (26) e levado por criminosos armados que se passavam por policiais - um deles usava um colete preto com inscrições da polícia.

Veja imagens das câmeras de segurança 

Câmeras de segurança da loja registraram o momento do sequestro. Nas imagens, é possível ver os criminosos chegando na concessionária, rendendo Alexssandro sem violência e levando-o algemado para o carro.

Segundo informações, o empresário ficou cerca de dez horas em poder dos criminosos, que chegaram a fazer sete telefonemas para a família. O boletim de ocorrência diz que a vítima foi encontrada caída na rua Corumbatá, algemada e atingida por quatro tiros de fuzil, sendo três de calibre .308 e um de calíbre .556. A polícia trabalha com a hipótese de sequestro com o objetivo de extorsão.

    Leia tudo sobre: diademasão paulosequestrofuzil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG