Chuva deixa São Paulo em estado de atenção por quase duas horas

Zonas oeste e sul foram as áreas mais afetadas; Aeroporto de Congonhas opera com o auxílio de instrumentos

iG São Paulo | - Atualizada às

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) colocou a cidade de São Paulo em estado de atenção por cerca de duas horas, entre as 10h e 11h55, em função da forte chuva que atingiu a capital paulista nesta terça-feira. As regiões mais afetadas foram as zonas oeste e sul. Segundo a Infraero, o Aeroporto de Congonhas e o Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, operam com o auxílio de instrumentos.

Futura Press
Nuvens carregadas no bairro do Jaguaré, zona oeste da cidade de São Paulo

Previsão do tempo: Sudeste tem áreas de instabilidade

Entre os 97 voos domésticos e internacionais previstos para decolar hoje de Congonhas, 14 estavam atrasados entre as 9h e 10h da manhã.

Por volta das 11h, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrava 115 km de lentidão na cidade, índice acima da média para o horário. A Marginal Pinheiros liderava o índice de congestionamento na capital, com 7,4 km de lentidão no sentido Interlagos.

A CGE registrou dois pontos de alagamento na Avenida Santo Amaro, próximo à Rua Roque Petrella. A CET registrava alagamento na Praça Dom Francisco de Souza, próxima à Avenida Washington Luis.

De acordo com meteorologistas da CGE, o tempo deve permanecer instável nas próximas horas em São Paulo, com predomínio de áreas de instabilidade e sol entre nuvens. Para os próximos dias, porém, a expectativa é que a situação melhore, com previsão de sol entre nuvens na quarta-feira, com possibilidade de chuvas fracas e esparsas.

Com Agência Estado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG