Noite tem cinco pessoas mortas e duas feridas na Grande São Paulo

Três das mortes, uma delas de um adolescente de 15 anos morto por um policial à paisana, ocorreram em três casos de tentativa de assalto, em Mauá, Ribeirão Pires e zona leste de SP

Agência Estado |

Agência Estado

A onda de violência com mortos e feridos a tiros marcou mais uma noite na Região Metropolitana de São Paulo. Ao menos cinco pessoas foram mortas e duas ficaram feridas entre a noite desta sexta-feira (23) e o início da madrugada deste sábado (24), na Região Metropolitana de São Paulo. Os crimes ocorreram em um intervalo de quatro horas, entre as 20h30 e 0h30.

Polícia Militar:  Vítima de homicídio teve ficha consultada, diz delegado

Três das mortes, uma delas de um adolescente de 15 anos, ocorreram em três casos de tentativa de assalto, em Mauá e Ribeirão Pires, na região do ABC, e na zona leste da capital paulista.

Leia também: Número de homicídios cresce 114% em outubro na capital paulista

MInistro:  Gilberto Carvalho compara violência em São Paulo a ataques na Faixa de Gaza

Uma tentativa de assalto a um posto de gasolina terminou com um bandido morto e um dos frentistas baleado, por volta das 20h30 de sexta-feira, em Mauá, no Grande ABC. Armados, dois homens em uma moto entraram no estabelecimento, localizado na altura do nº 1.040 da Avenida Castello Branco, e anunciaram o assalto. Um policial militar do 30º Batalhão, à paisana, estava no posto, testemunhou a ação da dupla e reagiu.

Secretaria de Segurança Pública:  Ferreira Pinto deixa cargo; Fernando Grella assume

Leia também: Alckmin minimiza violência e fala em campanha contra São Paulo

Um dos bandidos, identificado como Danilo Lemes da Costa, 26 anos, foi baleado e morreu no local. Segundo a polícia, o assaltante já tinha passagem por roubo. O outro conseguiu fugir. Um dos disparos do confronto atingiu um dos frentistas, que sobreviveu. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Mauá e será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Futura Press
Menor que abordou policial foi morto nesta esquina no Itaim Paulista, zona leste da capital

Um suspeito morreu e outro ficou ferido, no final da noite, durante um assalto a uma chácara localizada na altura do nº 10 da Rua Carlos Silvério, no Jardim Valentina, em Ribeirão Pires. Policiais militares foram acionados por moradores que ouviram disparos de arma de fogo. Ao chegarem no endereço fornecido, encontraram um homem ferido e ao lado dele um revólver. O suspeito foi levado ao pronto-socorro do Hospital Nardini, onde permanecia internado.

O suposto comparsa do suspeito ferido foi encontrado pelos policiais caído e morto na Rua Francisco Tometich, próximo da chácara. Acredita-se que ele tenha participado do assalto e, após ser baleado, correu, mas acabou não resistindo. Outra hipótese é que o assaltante foi perseguido e alcançado pelo atirador, que ainda não foi localizado. Uma quantia em dinheiro, possivelmente do assalto realizado na chácara, foi encontrada com o suspeito atendido no pronto-socorro.

Novo secretário de Segurança Pública:  Fernando Grella toma posse

Um policial militar à paisana matou um adolescente de 15 anos ao ser atacado, às 23 h na esquina da Avenida Marechal Tito com a Rua Manoel Bueno da Fonseca, no Itaim Paulista, zona leste de São Paulo.

O policial estava de folga e voltava para casa em sua moto quando foi abordado pelos criminosos, ambos a pé, junto a um semáforo. Armado, o menor, segundo a PM, teria anunciado o assalto e foi baleado. Mesmo encaminhado ao pronto-socorro do Hospital Santa Marcelina, não resistiu. O outro assaltante conseguiu fugir.

Homicídios

Um homem foi encontrado baleado, ao lado de seu carro, uma Parati, por volta da 0h30 deste sábado (24), na altura do nº 136 da Estrada Canal da Cocaia, no Parque Cocaia, na zona sul da capital paulista.

Ontem:  Noite tem três assassinatos na Região Metropolitana de São Paulo

Uma testemunha ligou para o 190 e disse que, ao passar pelo local, viu a vítima caída próximo ao veículo. Policiais militares foram até o endereço e encaminharam Valdir Bento da Silva para o pronto-socorro do Hospital Dona Maria Antonieta Ferreira, onde a vítima morreu. Não se sabe ainda se o proprietário da Parati foi baleado por assaltantes. A Polícia Civil não forneceu detalhes do crime.

Meia hora antes, policiais militares do 30º Batalhão encontraram um homem baleado na Rua Ingá, no bairro Planalto Bela Vista, também em Ribeirão Pires. Acionados por moradores que ouviram os tiros, os PMs foram até o local e socorreram a vítima que foi levada para o pronto-socorro São Lucas, onde morreu.

Manifestação

Moradores do Conjunto Habitacional Chácara Bela Vista, localizado na Rua Giuseppe Marino, no Parque Novo Mundo, na zona norte de São Paulo, realizaram uma manifestação e entraram em confronto com a policiais militares do Batalhão de Choque no final da noite ao tentarem interditar a Marginal do Tietê. O protesto ocorreu durante o velório de um dos dois jovens mortos a tiros na madrugada de quinta-feira.

Ao correrem para dentro do conjunto habitacional, os manifestantes atiraram pedras contra os policiais, que revidaram com balas de borracha e bombas de efeito moral. O tumulto foi controlado no início da madrugada. O setor de Comunicação Social da PM não soube informar se houve feridos nem se alguém foi preso durante o confronto.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG