Motocicletas de modelos fabricados na década de 50 apresentavam peças novas, com as numerações raspadas, e números dos chassis não reconhecidos pela montadora

Agentes da Polícia Civil de São Paulo apreenderam, nesta quinta-feira (22), quatro motocicletas Harley-Davidson, em Sorocaba, no interior do Estado. Segundo a polícia, nas motos antigas havia uma coleção de peças novas e com as numerações raspadas.

Motos apreendidas em Sorocaba, nesta quinta-feira
Divulgação
Motos apreendidas em Sorocaba, nesta quinta-feira

As motos foram apreendidas em um sítio de um empresário no bairro de Itanguá. Segundo a polícia, foram encontradas uma Harley-Davidson modelo fabricado em 1950, outras duas motocicletas modelo 51 e uma quarta idêntica às fabricadas em 1988. “Mas o registro junto aos órgãos de trânsito aconteceu em 2011”, disse o delegado Paulo César Gasparoto, da 4ª Divecar. Uma outra divergência encontrada foi na numeração do chassi, que não é reconhecida pela empresa sediada nos Estados Unidos.

“As motos serão periciadas. Mas ostentam equipamentos que estão décadas a frente do ano de fabricação”, disse Gasparoto. O resultado da perícia poderá incriminar o proprietário das motos.

A estratégia foi batizada de Frankenstein, analogia ao romance da escritora inglesa Mary Shelley, sobre o cientista que dá vida a uma criatura formada por partes de diversos corpos. 

Motocicletas foram restauradas com peças novas com as numerações raspadas
Divulgação
Motocicletas foram restauradas com peças novas com as numerações raspadas

dfd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.