Número de vítimas de homicídios cresce 114% em outubro na capital paulista

Onda de violência no Estado e na cidade de São Paulo teve seu pico no último mês, quando 176 pessoas morreram vítimas de homicídio na capital paulista

iG São Paulo | - Atualizada às

O crescimento do número de homicídios durante a onda de violência no Estado de São Paulo e na capital paulista em outubro foi confirmada mais uma vez, nesta quarta-feira (21), após a divulgação das Estatísticas Mensais da Criminalidade, contabilizadas pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP) da Secretaria da Segurança Pública (SSP). No último mês, o número de vítimas de homicídios mais que dobrou na cidade de São Paulo se comparado com o mesmo mês de 2011.

Mudança da cúpola:  Ferreira Pinto deixa Segurança Pública em SP; Fernando Grella assume o cargo

Edu Silva/Futura Press
Bairro Jardim São Luiz, local de um dos crimes cometidos no mês de outubro, em São Paulo

De acordo com o balanço, a capital teve 114% mais vítimas de homicídios dolosos que o mesmo período do ano passado. O número de assassinados passou de 82 para 176.

O número de vítimas de homicídios dolosos também aumentou 54% no Estado. O crescimento se deve ao registro de 571 casos em outubro de 2012, contra 370 no mesmo período de 2011, um aumento de 201 casos.

No acumulado do ano, o Estado de São Paulo registrou alta de 11,62% no número de homicídios entre janeiro e outubro – na comparação com o mesmo período em 2011. Foram 3.834 casos contra 3.345 registros.

A divulgação do balanço de criminalidade coincide com a troca no comando da SSP. O secretário Antonio Ferreira Pinto deixou o cargo nesta quarta-feira . A saída foi acertada ontem com o governador do Estado, Geraldo Alckmin , em meio aos desdobramentos da onda de violência que atinge a região metropolitana da capital paulista. Ele será substituído pelo ex-procurador-geral de Justiça Fernando Grella Vieira.

Outros meses:
Setembro:  Homicídios em São Paulo dobram ante 1 ano atrás
Agosto:  Casos de homicídios e latrocínios crescem em agosto em São Paulo
Julho: SP tem menor número de homicídios, mas crime segue em alta no ano
Junho: Homicídios crescem 21% e confirmam 'escalada da violência' na capital paulista
Maio: Homicídios e roubos de veículos voltam a crescer em São Paulo
Abril: Homicídios crescem 6% e roubos de veículos saltam 20% no ano em SP

Latrocínios

Os latrocínios, que são os roubos seguidos de morte, sofreram queda em outubro. Em outubro deste ano, houve o registro de 21 roubos seguidos de morte. Na comparação com outubro do ano passado, quando houve 28 latrocínios, chega-se à redução de 25%.

Apesar da queda acentuada no comparativo mensal, os roubos seguidos de morte cresceram 10% no acumulado de janeiro a outubro deste ano em comparação ao mesmo período de 2011 – de 258 para 284 casos.

Roubo a banco

Apesar da queda registrada nos roubos a banco no ano em São Paulo, o mês de outubro registro aumento no número de casos, com 24 casos contra 19 em 2011 (aumento de 26%). De janeiro a outubro deste ano, em comparação com igual período em 2011, a queda foi de 13%. Foram 186 ocorrências nestes 10 meses, contra 214 no ano passado. 

Roubo de carga

Os roubos de carga sofreram redução no mês de outubro, de 7,82% no comparativo mensal com 2011. Foram 577 casos apurados no mês em 2012, contra 626 no ano passado. No acumulado de janeiro a outubro, houve aumento de 9% em comparação com o mesmo período no ano passado - de 5.688 para 6.202 casos.


    Leia tudo sobre: violênciaonda de violênciaataquesapolicia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG