Hospital das Clínicas aponta calçadas como uma das causas de quedas

Levantamento mostra que 18% dos casos de queda atendidos no pronto-socorro de ortopedia do hospital tiveram como causa calçadas e buracos na capital paulista

Agência Estado |

Agência Estado

Estudo feito pelo Hospital das Clínicas aponta que 18% das vítimas de quedas atendidas na unidade acidentaram-se em calçadas de São Paulo. Dos 197 pacientes, vítimas de queda, que deram entrada no Pronto-Socorro da ortopedia da unidade, 35 relataram ter caído na calçada. Destes, 40% machucaram-se em buracos.

Leia também:
Manaus, Rio de Janeiro e Salvador têm as piores calçadas, diz pesquisa
Governo do Ceará faz ‘calçadas acessíveis’, mas deixa postes no caminho
Morador de Curitiba mapeia calçadas esburacadas da cidade

Segundo o levantamento, entre os feridos atendidos no HC, a idade que prevalece é entre 36 e 50 anos. Apesar de 77% serem do sexo feminino, o salto alto só era usado em 8,5% das quedas. O tênis foi o calçado usado por 45% dos entrevistados.

As entorses são as lesões mais frequentes (45%), seguidas das contusões (35%) e fraturas (8,5%). A estimativa é de que um paciente internado devido à queda na calçada custe em média RS 40 mil para o sistema de saúde.

    Leia tudo sobre: acidentescalçadasruasão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG