Polícia encontra túnel para levar droga de favela à USP de São Paulo

Estrutura foi descoberta durante ação militar na favela de São Remo, na zona oeste. Túnel ligava também duas casas, uma para refino e outra para venda de entorpecentes

O Dia |

Divulgação
Acesso ao túnel que ligava favela à USP para comércio de drogas

As operações da Polícia Militar, realizadas nesta quarta-feira em mais duas favelas de São Paulo para prender assassinos de policiais , acabaram descobrindo por acaso que os traficantes da favela São Remo usavam um túnel para facilitar o acesso à Universidade de São Paulo (USP) para o comércio de drogas.

São Remo:  Rota faz operação para prender procurados em São Paulo

Paraisópolis:  Chega a 17 número de presos durante operação na favela da zona sul

Na casa de um dos criminosos presos, separada da USP apenas por um portão, tinha um túnel para duas residências, uma para refino de cocaína e outra para venda de drogas. Os imóveis eram interligados por um túnel de 15 metros de extensão, que chega perto dos limites da Cidade Universitária da USP.

A operação na favela era para cumprir sete mandados de prisão contra suspeitos de matarem um policial militar da Rota em setembro . Os policiais apreenderam 75 tijolos e 403 trouxinhas de maconha, 146 pinos de cocaína, 11 cartelas de LSD, 92 vidros de lança-perfume, quatro armas, dois coletes à prova de balas e rádios portáteis. Três homens foram presos.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG