Três pessoas ficaram feridas durante a ação dos criminosos. Uma menina de sete anos não conseguiu sair a tempo do coletivo e teve queimaduras

Ônibus ficou totalmente destruído após grupo atear fogo na região de Carapicuíba (SP)
Futura Press
Ônibus ficou totalmente destruído após grupo atear fogo na região de Carapicuíba (SP)


Um ataque a um ônibus intermunicipal na noite de terça-feira (30), em Carapicuíba, na Grande São Paulo, deixou uma menina de sete anos com queimaduras de primeiro e segundo graus, um passageiro e o motorista feridos.

Leia também: São Paulo tem duas mortes em confronto com a PM e ônibus incendiado

Um grupo de seis jovens, três deles armados, que havia se escondido em um beco, segundo informações de parte das vítimas que estavam no ônibus, invadiu o veículo no momento em que o motorista fez uma de suas paradas, na esquina da avenida Inocêncio com a Estrada da Guabiroba, no Jardim Santo Estevão.

Os criminosos teriam ordenado ao motorista, ao cobrador e aos passageiros que deixassem o veículo. Em seguida, contaram as vítimas, espalharam combustível por todo o veículo e atearam fogo. Na correria, no entanto, um dos passageiros, um homem de 31 anos, se feriu na perna.

Já a menina que teve queimaduras não teria conseguido sair do ônibus antes do início do fogo. O motorista também teria levado uma coronhada na testa. Não há maiores informações sobre o estado de saúde dos três. A polícia ainda não tem até o momento informações sobre os criminosos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.