Famílias de sem-teto ocupam 11 prédios abandonados em São Paulo

Maioria dos edifícios invadidos estão localizados na área central de São Paulo. Frente de Lula por Moradia (FLM) quer pressionar poder público para desapropriar esses locais

Agência Brasil |

Agência Brasil

Onze prédios abandonados foram ocupados nesta madrugada por moradores sem-teto da capital paulista. De acordo com a Frente de Luta por Moradia (FLM), o objetivo é pressionar o poder público a desapropriar esses locais para fins de moradia popular, especialmente na região central. “Não ocupamos prédios que estejam sendo usados. As famílias não podem esperar, por isso, estamos aqui”, justificou Carmem da Silva Ferreira, da coordenação do movimento.

Ontem:  Famílias sem-teto invadem prédio no centro de São Paulo

Carmem informou ainda que não há previsão de reunião com prefeitura ou governo do Estado para tratar da questão. “Vamos nos reunir e avaliar os próximos passos desse ato, mas não devemos desocupar por enquanto. As famílias que estão aqui não tem para onde ir”, disse.

A maior parte dos prédios ocupados fica na região central de São Paulo: Alameda Cleveland; ruas Helvétia, Quintino Bocaiuva, José Bonifácio e das Palmeiras, além das avenidas Ipiranga, São João e Prestes Maia. Foram ocupados mais dois prédios, um no bairro Nova Cachoeirinha, na zona norte, e outro na Estrada de Itapecerica, zona sul.

    Leia tudo sobre: invasãosem-tetoprédios abandonadosocupação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG