Polícia prende sete acusados de assaltar laboratório da Eurofarma em SP

Quadrilha simulou uma blitz policial para enganar segurança e roubar carregamento de medicamentos da empresa. Crime ocorreu na noite de domingo (21)

iG São Paulo |

A Polícia Civil prendeu sete criminosos envolvidos em um ataque a um laboratório da Eurofarma, em Itapevi, na Grande São Paulo. O crime aconteceu na noite de domingo (21). Policiais da 5ª Patrimônio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), responsáveis pelas detenções, apreenderam quatro caminhões carregado com os medicamentos e um Citroen C3, um Volkswagen Fox, e um GM Vectra. Os dois últimos veículos foram utilizados no crime.

Leia mais:  Megaoperação contra o PCC prende 27 em Campinas e região

Rafael Brito/Futura Press
Sete suspeitos foram presos e quatro caminhões carregados com medicamentos foram recuperados

As operações aconteceram em Parada de Taipas, zona oeste da capital, e na cidade de Osasco, na Grande São Paulo. "A quadrilha simula uma blitz policial para enganar a segurança", disse o delegado Celso Marchiori, titular da 5ª Patrimônio. Segundo o delegado, as prisões são um desdobramento da operação desencadeada em abril deste ano, quando outros 14 integrantes da quadrilha foram presos no bairro do Cambuci.

A ação policial foi dividida em duas partes. Primeiro a base operacional do bando foi descoberta na avenida Atílio Brugnoli, em Parada de Taipas. No local estavam os quatro caminhões utilizados na invasão ao laboratório e carregados com parte dos produtos. O comerciante J.V.C., de 38 anos, responsável pelo imóvel, acabou preso.

A partir da confirmação de quem estava por trás da invasão, uma equipe da 5ª Delegacia se deslocou até a cidade de Osasco. O objetivo era encontrar o líder da quadrilha: o marcineiro M.M., conhecido como Cão Cão, de 32 anos. Ele foi detido em casa no Jardim Santa Rita. Os policiais apreenderam no local o Astra. "O carro é roubado e foi 'preparado' para parecer uma viatura", comentou Marchiori.

Outros cinco integrantes foram presos quando chegavam à base operacional em Parada de Taipas. Eles ocupavam o C3 e o Fox. Os policiais prenderam o taxista A.M.M., de 33 anos, seu primo, o caminhoneiro E.S.M., de 25, o motoboy G.D.R., de 34, o vendedor de veículos E.L.S., de 21, e o ajudante I.M.S., de 35.

    Leia tudo sobre: roubo a laboratórioeurofarmaprisõesquadrilha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG