Famílias de PMs mortos durante folga receberão seguro

Decisão foi anunciado pelo governador Geraldo Alckmin na sexta-feira (19). Hoje seguro é pago às famílias de agentes que estavam trabalhando ou em trânsito

Agência Estado |

Agência Estado

O governo do Estado de São Paulo vai pagar seguro de vida às famílias de policiais militares que forem mortos mesmo quando estiverem de folga. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, hoje o seguro é pago às famílias de PMs que estavam trabalhando ou em trânsito - de casa para o trabalho e vice-versa.

Leia outros casos de ataques à polícia

O anúncio foi feito na sexta-feira (19) pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). "Aqueles que morreram por ser policiais, mesmo não estando em serviço, terão seguro", disse Alckmin. A mudança depende de edital porque não é possível incluir nova cláusula ao contrato.

Mais: Dois PMs são mortos a tiros em diferentes regiões de São Paulo

A partir disso, novas licitação e concorrência serão lançadas para ser assinado novo contrato com a seguradora MetLife. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, entre os policiais militares mortos neste ano no Estado, 44 foram executados. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Adolescente suspeito de atacar PMs é apreendido em São Paulo
Policial militar aposentado é baleado por motoqueiros em São Paulo
Trio é detido ao preparar emboscada para PM em Barueri


    Leia tudo sobre: pms mortosataquesapoliciasão paulogeraldo alckmin

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG