Embora erguida, aeronave continua a interditar Viracopos

Cargueiro começou a ser removido no domingo, mas guincho apresentou problemas e precisou ser trocado

Agência Estado |

Agência Estado

Cerca de 70 pessoas acompanham a operação na tarde desta segunda-feira (15) para retirar o cargueiro MD-11, da Centurion Cargo, que interdita desde a noite do sábado a pista do aeroporto de Viracopos, em Campinas. A aeronave, com 67 toneladas de carga, começou a ser removida domingo à noite, mas o equipamento utilizado no transporte, uma espécie de guincho de aviação, apresentou problemas e teve de ser trocado.

Leia mais: Aeroporto de Viracopos segue interditado por cargueiro em Campinas

Chamado de Recovery Kit, é composto de três carretas e um colchão de ar, usado para levantar aeronaves sem danificar a fuselagem. Uma nova máquina, alugada da TAM Linhas Aéreas, saiu de São Paulo e chegou em Viracopos nesta manhã. No começo da tarde, a aeronave estava erguida, mas ainda não tinha sido movida de lugar.

Leia também: Azul tenta decolar em Viracopos, mas Anac proíbe

Responsável por 95% dos voos em Viracopos, a Azul Linhas Aéreas é a empresa mais prejudicada pela interdição da pista. A Azul afirmou que os atrasos só devem ser eliminados entre quarta e quinta-feira e que suspendeu todos novos voos desta semana para normalizar a situação.

    Leia tudo sobre: viracoposaeroportointerditado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG