PM inicia operações com reforço de policiamento na Grande SP e litoral

Estado conta com 5 mil agentes militares a mais nas ruas. Trabalhos são intensificados nas regiões onde foram registradas execuções e mortes de policiais nos últimos dias

iG São Paulo | - Atualizada às

Helio Torchi/Futura Press
Na noite de segunda (8) nove pessoas foram mortas em Taboão e Embu das Artes, na Grande SP

A Polícia Militar começou nesta quarta-feira (10) uma série de operações com o reforço de homens de áreas administrativas da corporação. Serão 5 mil policiais militares a mais nas ruas em todo o Estado, segundo o comandante geral da PM, coronel Roberval Ferreira França. Os trabalhos serão mais intensos na Baixada Santista, Guarulhos, Taboão da Serra, na Grande SP, e na zona sul da capital.

O caso:  Ataques deixam pelo menos nove mortos entre Taboão e Embu

Para garantir o reforço, um terço dos policiais dos serviços internos da PM serão destinados à operações como Cavalo de Aço (uso de motos), Operação Saturação por Tropas Especiais (Oste), quando uma área territorial recebe efetivo reforçado, e Direção Segura. Ao todo, serão usados 14 helicópteros nas ações da PM. Somente na Baixada Santista, serão duas aeronaves.

Violência na Grande SP

Ontem:  Três homens são mortos em Carapicuíba, na Grande SP
Grande SP e litoral têm noite violenta com 11 mortos e 8 feridos
Criminosos invadem mercado e executam segurança em Cotia
Ônibus é incendiado como protesto após chacina em Guarulhos
Sargento da PM é morto a tiros em Santos

Nos últimos dias, mais de 20 pessoas morreram nas cidades de Taboão da Serra , Embu das Artes e Carapicuíba . Muitos dos casos são investigados como execução já que normalmente nada é levado das vítimas. Além disso, muitos dos mortos já possuíam passagem pela polícia por tráfico de drogas.

No Taboão, na noite de segunda-feira (8) um policial militar foi atacado e morto dentro de um posto de gasolina, às 22h, na esquina da estrada Kizaemon Takeuti com a rua Margarida Custódia Guedes, no Jardim Panorama. Nas próximas horas, em locais próximos, outras oito pessoas morreram em ataques . Ontem, três homens foram mortos na terça-feira (9) em Carapicuíba. As ocorrências teriam ocorrido no final da tarde, às 17h, e por volta das 23h nos bairros Vila Veloso, Ariston Estela e Jardim Jandaia.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG