Falha em sistema de energia afeta circulação de trens da CPTM

Passageiros da Linha 11-Coral lotam plataformas já que trens circularam com maior atraso por mais de 4h entre as estações Guaianazes e Estudantes; Paese foi acionado na região

iG São Paulo | - Atualizada às

Trens circulam com velocidade reduzida e maior intervalo na Linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), nesta manhã de quinta-feira, na Grande São Paulo. Segundo a companhia, um defeito no sistema de energia fez com que os trens operassem com atrasos entre as estações Guaianazes e Estudantes.

Após várias panes, Estado vai investir 6% a mais em trens

Mais:  Após furto de cabo, linha da CPTM opera com velocidade reduzida

O problema na alimentação de energia na linha férrea ocorria desde o início das operações, por volta das 4h. Companhia informou que serviço está me processo de normalização desde 8h30. Como as plataformas e pontos de ônibus ficaram lotados, o Plano de Apoio entre as Empresas em Situação de Emergência (Paese) foi acionado. Os passageiros tem à disposição ônibus apenas entre as estações Guaianazes e Calmon Viana, em Poá.

Metroviários aceitam proposta e suspendem greve em São Paulo

No trecho restante, entre Poá e Estudantes, formado por cinco estações e passando por Suzano, o Paese não foi acionado em razão de o trecho ser muito extenso.

Problema operacional

Mais cedo, por volta das 6h10, a Linha 2-Verde do Metrô também registrou falhas técnicas. Uma pane operacional gerou atrasos e maior tempo de parada entre as estações. Às 6h30, a companhia informou que o transporte já estava em processo de normalização.

*com AE

    Leia tudo sobre: falha técnicametrôcptmatrasos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG