Alexandro Silva chegou a relatar fortes dores no peito durante aula de educação física. Professor chegou a realizar massagem cardíaca no aluno, mas ele não resistiu

Estadão Conteúdo

Um aluno da 8ª série do ensino fundamental da Escola Estadual Dona Brasília Castanho de Oliveira, em Guarulhos, região metropolitana, morreu na quarta-feira (3) após passar mal durante uma aula. Segundo a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, Alexandro de Souza Silva relatou dores no peito durante as atividades de educação física no período da manhã.

Universidade:  Aluna morre em sala de aula após esperar 42 minutos por socorro

Logo após passar mal, Alexandre chegou a ser atendido pelo professor enquanto o colégio acionava a equipe do Samu e a família do adolescente. Ele foi então socorrido e levado ao Hospital Padre Bento, onde não resistiu e morreu.

Segundo Leonice Martins, tia do adolescente, a legista que atendeu o caso informou a família de que o jovem tinha problemas cardíacos. "Ela disse que descobrindo ou não o problema, ele não chegaria aos 18 anos. O coração estava inchado e pressionou o pulmão, o que causou a morte", disse em entrevista ao jornal "Bom dia Brasil", da TV Globo.

Ela contou que há uma semana o adolescente não passou bem e chegou a ir a um posto de saúde, mas o médico teria receitado apenas um xarope para tosse.

Leia também:  Morre criança que passou mal em escola em São Paulo

Por meio de nota, a secretaria disse que a administração da escola nunca recebeu informação sobre eventuais restrições de saúde para a prática de atividade física e que "a unidade não havia registrado nenhuma ocorrência com o aluno que pudesse levar a qualquer medida preventiva".

As aulas não foram interrompidas durante a quarta-feira. Nesta manhã, a direção informou que as atividades escolares foram suspensas por luto e para que os colegas possam acompanhar o velório de Alexandre.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.