Pico de congestionamento ocorreu às 14h30 com 36 km de vias congestionadas em São Paulo. Inclusão das ciclofaixas pela primeira vez contribuiu para o trânsito, diz CET

A capital paulista registrou lentidão acima da média na manhã deste sábado, dia 22, no Dia Mundial Sem Carro. Conforme informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o pico de congestionamento ocorreu às 14h30, com 36 km de excesso de veículos nas principais vias de São Paulo. No início da manhã, às 10h30, o trânsito já registrava índices acima do normal para um sábado.

Entenda:  Dia Mundial Sem Carro é celebrado com protestos e atrações culturais em SP

Ciclistas dividem espaço com veículos na avenida Paulista, neste sábado, na região central de SP
PAULO LIEBERT/Agência Estado/AE
Ciclistas dividem espaço com veículos na avenida Paulista, neste sábado, na região central de SP

Segundo a CET, o aumento no índice acontece porque os paulistas não devem ter levado em consideração o Dia Mundial Sem Carro e, com a implantação das ciclofaixas de lazer em alguns dos principais pontos da cidade, o tráfego acabou ficando intenso.

Desde as 7h deste sábado os 41 km de ciclofaixas paulistas vigoraram em comemoração ao Dia Mundial Sem Carro. A medida, porém, não evitou que houvesse excesso de veículos e filas na avenida Paulista, via que conta, desde o dia 2 de setembro, com 2,5 km de faixa de lazer. Neste início de tarde, a via tinha 1,3 km de lentidão no sentido Consolação.

Acidente

Um acidente ocorrido por volta das 9h40 desta manhã também contribuiu com o alto índice de lentidão registrado. Uma caminhonete e uma motocicleta colidiram na altura da ponte dos Remédios, no sentido Ayrton Senna. O acidente, além de deixar uma pessoa ferida, interditou duas faixas da pista expressa por duas horas. A marginal chegou a ter 8 km de filas no horário, mas o fluxo foi normalizado.

Ciclofaixa

A Ciclofaixa de Lazer do centro de São Paulo foi implantada pela primeira vez neste sábado. O percurso, de 2,5 km, é circular e tem início na praça João Mendes, a partir do cruzamento com a avenida Liberdade.

Além do centro da capital, há vias de acesso restrito a veículos também na avenida Paulista e na zona leste. Ao todo, 41 km de ciclofaixas que funcionam normalmente aos domingos estão em vigor neste sábado, em função do Dia Mundial Sem Carro.

O objetivo é incentivar os paulistas a utilizarem transportes alternativos e, por consequência, diminuírem a poluição e os congestionamentos em São Paulo.

*com AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.