Tarifas das linhas 9 da CPTM e 5 do Metrô ficam mais baratas das 9h às 10h em SP

Desconto será de R$ 0,50 no valor da passagem, que custa R$ 3. Iniciativa visa melhorar a distribuição do fluxo de passageiros nas estações no início da manhã

iG São Paulo |

O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (19) a redução no valor das tarifas da Linha 5-Lilás do Metrô e 9-Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), entre 9h e 10h, de segunda a sexta-feira, a partir de 15 de outubro. A medida visa diminuir o grande fluxo de passageiros no início da manhã, principalmente nas estações de integração Santo Amaro e Pinheiros, na Linha 9 da CPTM.

Leia também: Bandidos fazem arrastão em trem da CPTM em São Paulo

Diariamente, pela manhã, 75,7 mil passageiros utilizam a Linha 5 do Metrô, que vai de Capão Redondo ao Largo Treze. No mesmo período, 132 mil passageiros passam pela Linha 9 da CPTM, que liga Grajaú, na zona sul, ao município de Osasco.

“Estamos trabalhando para aumentar a oferta e gerenciar a demanda. A estação Pinheiros e a Santo Amaro estão superlotadas, então queremos redistribuir melhor os passageiros”, disse o governador do Estado, Geraldo Alckmin.

Integração gratuita

Os usuários que começarem a viagem nas linhas 5 do Metrô e 9 da CPTM serão beneficiados com a integração gratuita com os ônibus municipais na estação Largo Treze. No sentido inverso, também. Hoje, é cobrada tarifa de R$ 1,65 para essa transferência. 

A Linha 5 do Metrô (Capão Redondo-Largo Treze) está em expansão até a estação Chácara Klabin, na Linha 2, e fará integração também com a Linha 1, na estação Santa Cruz. A estação Adolfo Pinheiro será inaugurada no segundo semestre de 2013. Com a operação comercial da Linha 5, em 2015, 770 mil pessoas serão transportadas diariamente.

A Linha 9 da CPTM (Grajaú-Osasco) será ampliada em mais 4,5 quilômetros, com duas novas estações: Mendes e Varginha. Os investimentos são da ordem de R$ 250 milhões. A previsão é de início das obras em 2013.

    Leia tudo sobre: MetrôCPTMdescontotrenstransporte público

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG