Policial é executado a tiros no interior de São Paulo

Marcos Aurélio de Santi estava na Polícia Militar há mais de 20 anos e ainda não há pistas para o motivo do crime, na cidade de São Carlos

Agência Estado |

Agência Estado

Um policial militar foi morto a tiros nesta sexta-feira (14) em São Carlos, interior de São Paulo. A vítima, Marco Aurélio de Santi, de 43 anos, foi baleado dentro de seu carro por dois homens que estavam em outro veículo e o interceptaram numa rua da vila Jacobuccci. O PM estava de folga no momento do crime e até agora nenhum dos envolvidos foi identificado.

Leia também:
PM de folga é executado em frente ao filho de 10 anos em São Paulo

Mesmo baleado, o PM ainda teria saído do carro, sentado em uma mureta e pedido ajuda. Testemunhas acionaram uma ambulância do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas o policial não resistiu e morreu antes mesmo de chegar no hospital.

Marcos Aurélio de Santi estava na Polícia Militar há mais de 20 anos e ainda não há pistas para o motivo do crime. Ele estaria trabalhando nas horas de folga como segurança em uma loja perto de onde ocorreu a execução.

Policiais que atuam no caso evitam ligar à morte aos atentados contra a PM no Estado de São Paulo, mas não descartam nenhuma hipótese. Foi o segundo policial assassinado na região nesta semana, pois três dias antes o cabo Gercil Benedito Canuto foi morto com 17 tiros em Piracicaba.

    Leia tudo sobre: polícia militarpolicialexecução

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG