Funcionários da Fundação Casa são mantidos reféns em São Paulo

Oito ficaram rendidos pelos internos por 2h após uma tentativa frustrada de fuga. Menores chegaram a queimar colchões da unidade de Francisco da Rocha

iG São Paulo | - Atualizada às

Internos da Fundação Casa de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, mantiveram oito funcionários reféns por duas horas nesta segunda-feira. O tumulto começou, por volta das 8h, após uma tentativa frustrada de fuga e a situação só foi controlada às 10h. 

Leia também:  Jovens fazem reféns na Fundação Casa de Itanhaém, litoral paulista

Segundo a assessoria da Fundação Casa, os menores, que se concentraram no pátio interno da unidade, chegaram a agredir um dos funcionários e também atearam fogo em colchões em uma ala próxima aos dormitórios.

Apenas um funcionário ficou ferido e precisou ser encaminhado ao pronto-socorro da região. Ele levou golpes na cabeça, mas seu estado não era considerado grave. Durante todo o processo de negociação. a direção da unidade ficou no local.

Um grupo de apoio de segurança fez um cerco para impedir a saída dos internos. A Polícia Militar também acompanhou a ação a distância. A unidade de Franco da Rocha tem 60 internos e capacidade para 69.

*com AE

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG