Polícia prende suspeito de mandar matar policiais durante onda de ataques em SP

Segundo a polícia, homem conhecido como "Piauí" era líder de uma quadrilha que atuava na zona sul de São Paulo. Ele foi preso durante um jogo de futebol em Santa Catarina

iG São Paulo | - Atualizada às

Uma operação conjunta entre a Polícia Militar de São Paulo e a Polícia Federal prendeu neste domingo, em Itajaí, em Santa Catarina, o principal suspeito por assassinatos de policiais militares ocorridos entre junho e julho, na região sul da capital paulista, durante onda de ataques sofridos por agentes fora do horário de trabalho .

Leia também:  "Execução de PMs é retaliação ao trabalho da polícia," diz diretor do DHPP

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), F.A.C.S, conhecido por "Piauí", era procurado da Justiça desde maio deste ano. Ele foi surpreendido pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), pelo serviço de inteligência da PM paulista e pelo Grupo de Pronta Intervenção (GPI) da Polícia Federal quando assistia a uma partida de futebol da 3ª Divisão do Campeonato Catarinense.

O suspeito era procurado da Justiça por não ter retornado de saída temporária, concedida no Dia das Mães deste ano. Ele era líder de uma quadrilha que atuava na zona sul de São Paulo.

Além disso, Piauí já responde por homicídio, extorsão mediante sequestro, porte ilegal de arma, falsa identidade, lesão corporal, dano e formação de quadrilha.

    Leia tudo sobre: PMPFPiauíonda de ataquesataquesapolicia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG