Empresário do ramo de materiais de construção foi sequestrado durante entrega na cidade de Paulínia. Dupla que foi presa pedia R$ 300 mil de resgate

Depois de nove dias sequestrado, um empresário de 71 anos foi libertado do cativeiro, nesta terça-feira (21), em Campinas, no interior de São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o empresário do ramo de materiais de construção foi sequestrado dia 13, quando fazia uma entrega na cidade de Paulínia.

Leia também:  Polícia frustra sequestro de jovem que arrecadou R$ 100 mil para cirurgia em MT

J.A.O.V. de 49 anos, conhecido como "Mala Velha", e A.P.R.L., de 27 anos, que é filha dele, foram presos ppor policiais civis da Delegacia de Investigações de Extorsão Mediante Sequestro de Campinas. Após o sequestro, a dupla pediu R$ 300 mil de resgate.

De acordo com a polícia, "Mala Velha" já tem passagens por quatro homicídios e uma tentativa, roubo e dano, cometidos em Taboão da Serra e Embu. Ele estava foragido desde 2008 da Penitenciária de Hortolândia.

Os policiais descobriram o endereço da mulher, foram até lá e encontraram os dois sequestradores. J.A.O.V. tentou mostrar um documento falso, mas durante a abordagem acabou confessando o sequestro e levou os policiais até o cativeiro, o apartamento de A.P.R.L., em Campinas. O carro usado pela dupla foi apreendido.

O empresário foi encontrado amordaçado. Os olhos estavam vendados com fita crepe, e mãos e pernas estavam amarradas. Ele tinha machucados no braço e havia levado tapas nas costas. Durante os nove dias de sequestro, o idoso ficou vendado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.