Suspeito morre durante suposto confronto com a PM em São Paulo

Jean Santos estava na garupa de uma moto quando teria levantado suspeita nos policiais e sacado revólver. Delegado não foi informado do fato e DHPP investiga ação da PM

Agência Estado | - Atualizada às

Agência Estado

Um de dois supostos assaltantes foi morto, por volta das 20h30 de quinta-feira (16), durante suposta troca de tiros com policiais militares da Força Tática do 16º Batalhão na Rua Paul Gauguin, região do Campo Limpo, na zona sul da capital paulista.

Jean Cléber Alves dos Santos, de 19 anos, estava na garupa de uma moto amarela quando a dupla levantou suspeita nos policiais. Na abordagem, segundo os PMs, Jean teria descido da moto e, em posse de um revólver calibre 38, atirado contra os policiais. No revide, foi baleado.

Leia também:  Rota mata dois suspeitos em supostos confrontos em São Paulo

O colega de Jean acelerou e conseguiu fugir. Mesmo levado para o pronto-socorro do Campo Limpo, o rapaz acabou morrendo. Há suspeita, segundo os policiais, de que a dupla, momentos antes, teria realizado um assalto a um açougue na região.

Apesar do suposto confronto ter ocorrido durante a noite, até o final da madrugada desta sexta-feira o delegado do 37º DP, do Campo Limpo, Cláudio Roberto Fácio Boccino, não havia sido informado pelos PMs.

Sete morrem em supostos confrontos com a PM em São Paulo
Rota invade reunião do PCC e mata seis durante tiroteio em São Paulo
PM diz que número maior de prisões explica aumento nas mortes por policiais 

O delegado só tomou conhecimento do ocorrido ao se deslocar para o pronto-socorro em razão de outra pessoa que também havia sido baleada na mesma região e estava na mesma unidade médica. O suposto confronto entre Jean e os policiais militares será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG