Câmera será usada em investigação de morte de delegado em São Paulo

Loja de materiais de construção que fica próxima ao local do crime deve entregar à polícia imagens da câmera de segurança para ajudar nas investigações

Agência Estado |

Agência Estado

A loja de materiais de construção Dicico, que fica próxima ao local em que foi morto o delegado da Delegacia de Investigações sobre Entorpecente (Dise) de Guarulhos, Paulo Pereira de Paula, na noite do último sábado (4), deve entregar nesta segunda-feira (6) à polícia imagens da câmera de segurança do estabelecimento para ajudar nas investigações.

Leia mais: Delegado é morto em tentativa de roubo em São Paulo

Paulo Pereira de Paula morreu após levar três tiros enquanto pilotava uma moto na Marginal do Tietê, na região da Barra Funda, na cidade de São Paulo . Ele teria sido abordado por pelo menos dois homens que também dirigiam uma moto e que podem ter entrado no estacionamento da loja após o crime.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa DHPP), que quer descobrir se a morte do delegado tratou-se de um latrocínio ou se teria sido planejada.

    Leia tudo sobre: são pauloviolênciacrimeguarulhospaulo pereira de pauladicico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG