De acordo com a Polícia Militar, Mauro Canônico, de 37 anos, irmão do percussionista Dézinho sofre de distúrbios mentais e teria atacado a mãe em um condomínio da zona sul

O irmão do percussionista da banda de forró Falamansa foi preso na tarde desta sexta-feira-feira por suspeita de ter matado a própria mãe, em um condomínio na Riviera Paulista, na zona sul de São Paulo. Mauro Canônico, de 37 anos, é irmão do músico André Canônico, o Dézinho.

Leia também:  Jovem é preso e confessa ter matado os avós e a tia no interior de São Paulo

André Canônico, o Dézinho, do grupo Falamansa
Divulgação
André Canônico, o Dézinho, do grupo Falamansa

De acordo com a polícia, o suspeito sofre de distúrbios mentais e teria atacado mãe, de 60 anos.

Ao chegar no local, os policiais encontraram o pai do músico e Mauro Canônico, que teria confessado o crime.

Segundo a polícia, a mulher foi morta, por volta das 14h, com um golpe no pescoço. Ainda não há informações sobre o que teria motivado o crime.

Mauro foi encaminhado à Central de Flagrantes do 101º Distrito Policial para prestar depoimento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.