Três bandidos conseguiram fugir; dois detidos já tinham passagem pela Fundação Casa, antiga Febem

Agência Estado

Dois bandidos, um deles adolescente, foram detidos por policiais militares do 28º Batalhão, no final da noite de terça-feira,após invadirem com três comparsas uma das residências da rua Cristóvão Mendes, no Jardim São Paulo, em Guaianazes, zona leste de São Paulo. O dono da casa, um pastor de igreja evangélica, foi agredido e ferido no rosto por um dos bandidos.

Zona sul:  Polícia prende funcionária suspeita de participar de assalto a escola

No País há dois dias:  Italiano é morto em tentativa de assalto em São Paulo

Bandidos são presos após tentativa de assalto e agressão de refém em São Paulo
AE
Bandidos são presos após tentativa de assalto e agressão de refém em São Paulo


São Paulo:  Homem vê assalto em cruzamento e mata dois bandidos na zona sul

Eram 23h quando o proprietário da casa, a esposa e os filhos - dois gêmeos de 10 anos e um adolescente de 12 - chegavam em casa no veículo da família e foram rendidos ao abrirem o portão para guardar o carro.

Portando uma faca e duas armas de fogo, os bandidos, alguns deles encapuzados, obrigaram as vítimas a entrar na casa com o grupo e, amarradas com cadarços de calçados, assistiram aos assaltantes separarem vários objetos, como celulares, carteiras, roupas, eletroeletrônicos e outros.

Sem reagir, o pastor, 43 anos, foi ferido com socos no rosto por um dos bandidos. Uma testemunha, ao perceber a movimentação estranha na casa, ligou para o 190.

Saiba mais:  Quadrilha assalta loja e bandido morre na zona sul de São Paulo

Policiais da Força Tática do 28º Batalhão cercaram o imóvel às 23h20 e detiveram Carlos André Oliveira Ferraz, 18 anos, e um adolescente, 16, que tentavam fugir pelo portão da frente quando a primeira viatura da Polícia Militar chegava à residência assaltada. Ao perceber que a PM se aproximava, os bandidos abortaram o assalto.

Segundo a polícia, o menor já esteve internado na Fundação Casa (antiga Febem) por receptação. Pelo mesmo crime, Carlos André, quando era adolescente, também foi levado para a mesma instituição. Os outros três bandidos, dois deles portando as armas de fogo, fugiram escalando os muros e os telhados dos imóveis vizinhos. O adolescente e o jovem de 18 anos foram encaminhados para o plantão do 53º Distrito Policial, do Parque do Carmo, onde o flagrante foi registrado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.