Mulher foi presa na sexta à noite em Francisco Morato, região metropolitana. Ela receberia US$ 5 mil para levar cocaína até Johannesburgo, na África do Sul

Agência Estado

Após denúncia anônima de tráfico de drogas, Everette Michele Scipio, de 43 anos, nascida em Georgetown, capital da Guiana, foi presa no início da noite da sexta-feira (20), por investigadores da Delegacia de Francisco Morato, na Grande São Paulo.

A estrangeira, segundo a Polícia Civil, chegou ao Brasil no dia 6 de junho e, na quinta-feira foi levada, por um desconhecido, da capital paulista para um hotel na Vila Espanhola, em Francisco Morato.

Leia também: P F desarticula quadrilha de traficantes liderada por nigerianos

No local, ela recebeu das mãos de uma brasileira e de um nigeriano cinco pequenos pacotes contendo cocaína, totalizando 1,5 kg da droga. Sem saber falar português, a traficante depôs a dois investigadores em inglês.

Segundo a polícia, Everetti afirmou que não conhece nem a pessoa que a levou até o hotel nem o casal do qual recebeu a droga. A estrangeira, que mora na cidade de Charlestown, receberia US$ 5 mil para levar a droga até Johannesburgo, na África do Sul.

Com a guianesa os policiais apreenderam uma mala de viagem, onde estava a cocaína, além de 50 dólares americanos, 340 dólares da Guiana e três celulares. A estrangeira foi autuada por tráfico de drogas, com agravante de fins internacionais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.