Polícia prende dupla que agia em bairros nobres de São Paulo

Criminosos foram reconhecidos por vítimas dos bairros Morumbi, Cidade Jardim e Pinheiros; eles realizavam "saidinha de banco" nas regiões

Agência Estado |

Agência Estado

Dois acusados de prática de sequestros relâmpago e assaltos na modalidade conhecida como "saidinha de banco" foram presos, por volta das 23h de segunda-feira (16), por policiais militares da Força Tática do 16º Batalhão na Favela do Jardim Jaqueline, próximo ao km 14 da rodovia Raposo Tavares, região da Vila Sônia, região sudoeste da capital paulista.

Leia também:  Um estudante morre e outro é ferido em ataque na zona leste de SP

Todas recentes, cinco das vítimas da dupla, que há pelo menos 1 mês vinha atuando no Morumbi e Cidade Jardim, na zona sul, e Pinheiros, na zona oeste da capital paulista, haviam comparecido no plantão do 89º DP, do Portal do Morumbi, até as 2h desta madrugada e reconheceram os criminosos, identificados como Donner de Almeida Araújo, de 27 anos, que já tem passagem por roubo, e Kid Douglas Santos da Silva, 29.

"Há pelo menos um mês nós já tínhamos as características físicas dos criminosos. Hoje (segunda-feira) recebemos os dados de uma moto que estaria realizando roubos na região. Em patrulhamento próximo da favela, localizamos o veículo, que já havia sido abandonado por um rapaz de carregava uma mochila e corria. Além dele, prendemos o outro, que estava dentro de uma casa.", relatou o tenente PM Chammas.

Dentro da mochila e no interior da casa, os policiais apreenderam uma pistola calibre 7.65, cerca de R$ 11 mil, nove relógios, carteiras, quatro celulares, uma câmera fotográfica, uma corrente de ouro e cartões bancários. As duas motos, uma Yamaha 660R e uma Yamaha Ténéré XTZ 250, ambas sem queixa de roubo ou furto, mas que, segundo os policiais, eram utilizadas nas ações, foram apreendidas durante o flagrante.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG