Escola de aviação registra 5 acidentes durante aulas em menos de dois anos

Queda de helicóptero no bairro da Lapa, em São Paulo, foi a primeira com mortes. Falhas nas aeronaves ocorrem desde novembro de 2010, diz a empresa

iG São Paulo | - Atualizada às

Oslaim Brito/Futura Press
Helicóptero destruído após queda em galpão na Lapa, na zona oeste de São Paulo

A escola de aviação Master, conhecida como Go Air, registrou cinco acidentes durante voos de instrução em menos de dois anos, em São Paulo. A instituição é proprietária do helicóptero que caiu e matou duas pessoas , nesta quarta-feira (11), na zona oeste. Além disso, a mesma aeronave, um Robinson 22 com prefixo PR-HOL, já havia se envolvido em um acidente em 2010.

Veja imagens do galpão após a queda do helicóptero

Segundo a assessoria da Go Air, os cinco acidentes ocorreram a partir de novembro de 2010 e o de ontem foi o primeiro com mortes. A escola afirmou também que os incidentes foram investigados pelos órgãos responsáveis de aviação. Todas as ocorrências envolvem o aeronave do tipo R22, o único modelo utilizado pela empresa para voos de instrução. 

Entenda: Helicóptero cai em galpão em São Paulo e deixa dois mortos

Ontem, um helicóptero da escola caiu em um galpão no bairro da Lapa, na zona oeste, deixando os dois ocupantes mortos. De acordo com os bombeiros, a queda da aeronave foi registrada às 10h23, na rua Guaicurus. No galpão de bobinas de metal da empresa Transnovac, havia apenas um motorista no momento do acidente. Ele não se feriu e viu o helicóptero perder altitude .

As duas vítimas - Denis Frank Tomazi, de 32 anos, que pilotava a aeronave, e Mailson Rocha Lopes, de 24 anos - morreram no local com quadro de politraumatismo. Com a queda, um buraco foi aberto no telhado do galpão. A cabine com os pilotos despencou de uma altura de 8 metros e caíu no chão. 

Reprodução/Edno Luan/Futura Press
Mailson Rocha Lopes, de 24 anos, era um dos ocupantes da aeronave que caiu na quarta-feira

Investigações

De acordo com a Infraero, a aeronave decolou às 9h19 do Campo de Marte, em Santana, na zona norte da capital. As causas do acidente ainda não foram esclarecidas. E o caso segue sendo investigado pelo 7º DP, da Lapa, onde os representantes devem ser ouvidos ainda hoje.

O Centro de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) recolheu a aeronave para perícia. A previsão é de que o laudo técnico seja concluído em 90 dias.  

Veja o local do acidente: 

    Leia tudo sobre: queda de helicópteroacidentelapa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG