PF apreende produtos arqueológicos brasileiros e fósseis em São Paulo

Vieiras, conchas e presa de mamute estavam à venda na tradicional Feira de Antiguidades, realizada aos domingos no vão livre do Masp

iG São Paulo |

A Polícia Federal apreendeu ontem produtos arqueológicos e fósseis na Feira de Antiguidades que ocorre aos domingos no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista. O responsável pela comercialização não estava no local.

PF/Divulgação
Polícia Federal apreende produtos arqueológicos e fósseis na feira de antiguidades que ocorre aos domingos no vão livre do Masp

Após denúncia de que havia produtos proibidos no comércio expostos à venda em um dos estandes feira, policiais federais e um arqueólogo do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) compareceram ao local e encontraram diversos produtos arqueológicos brasileiros, como mãos de pilão, lâmina polida, pontas de projéteis (flecha ou lança) e uma tanga marajoara de cerâmica.

Também estavam à venda fósseis (trilobitas, vieiras, conchas e uma presa de mamute), os quais não puderam ter comprovada sua origem. Todo esse material foi apreendido para apuração da sua origem e levado para a Superintendência Regional da PF na Lapa.

Materiais arqueológicos e fósseis brasileiros são produtos da União e não são passíveis de comércio, conforme previsto na Lei nº 3.924/61 e no Decreto-Lei nº 4.146/42.

Como o responsável pelo estande não estava presente, os produtos foram apreendidos. O responsável será indiciado pelo crime de usurpação de bens da União e, se condenado, poderá cumprir pena de detenção de 1 a 5 anos e multa.

    Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG