Pelo menos dez pessoas são atropeladas em festa do Corinthians

Motorista, possivelmente bêbado, perdeu o controle do carro e invadiu rua no Tatuapé, zona leste da cidade

Agência Estado | - Atualizada às

Agência Estado

AE
Motorista perdeu o controle do carro e invadiu um trecho da praça Silvio Romero com a rua Tuiuti, no Tatuapé, zona leste da capital

Pelo menos dez pessoas, além de motos e veículos, foram atingidos, por volta da 1h45 desta quinta-feira (5), por um motorista, possivelmente bêbado, que perdeu o controle de um Astra GLS verde e invadiu um trecho da Praça Silvio Romero com a Rua Tuiuti, no Tatuapé, zona leste da capital paulista, onde dezenas de corintianos festejavam o título inédito do clube na Copa Libertadores da América.

O veículo estava estacionado na Rua Coelho Lisboa e, ao se aproximar da praça, segundo o segurança Diogo Brito Batista, uma das testemunhas, ficou desgovernado, atingido algumas pessoas, motos e carros. Na sequência capotou, próximo a duas viaturas da Polícia Militar que estavam no local.

O motorista do Astra só não foi linchado pelos torcedores porque os policiais intervieram rapidamente. Dentro do carro foram encontradas bebidas alcoólicas. Até as 2h45, a perícia trabalhava no local e os bombeiros atendiam alguns dos feridos. Não se sabe ainda o estado das vítimas.

Mais incidentes

Vários incidentes com torcedores corintianos foram registrados após a vitória do Corinthians. Houve confrontos com a polícia antes da partida e quebra-quebra na comemoração, na Avenida Paulista.

O primeiro confronto aconteceu na Praça Charles Miller, por volta das 21h10 de quarta-feira, na entrada do Estádio Pacaembu, região central da cidade. A Tropa de Choque usou balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo para evitar que torcedores invadissem o estádio. A Polícia Militar, ainda não informou se houve feridos ou detidos.

Após a partida, novos tumultos foram registrados durante a comemoração. Por volta das 3h53, a Força Tática foi acionada para desobstruir a Avenida Paulista, ocupada por cerca de 400 torcedores. De acordo com a PM, os policiais foram recebidos com pedras e garrafadas, utilizando balas de borracha e bombas de gás para conter a multidão.

Um tenente sofreu ferimentos leves na perna e um torcedor atingido por uma bala de borracha, foi conduzido ao Comando de Área 1 da PM, na Rua Vergueiro, para prestar esclarecimentos, sendo liberado em seguida. As portas de vidro de uma agência bancária e da Estação Consolação do Metrô foram quebradas durante as comemorações.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG