Cadela ferida por integrante da banda de Thiaguinho passa por cirurgia

Segundo entidade que resgatou a vira-lata, foi realizada a reparação da região maxilar descolada com a explosão de bomba

iG São Paulo | - Atualizada às

Divulgação
Cadela passou por cirurgia no maxilar. Segundo a União Protetora dos Animais, ela se recupera bem

A cadela resgatada pela União Protetora dos Animais após ter sofrido ferimentos graves gerados por um artefato explosivo lançado por um dos integrantes da equipe do cantor Thiaguinho, em frente a um hotel, em Campinas (interior de São Paulo), passou por uma cirurgua. Segundo a UPA, foi realizada a reparação da região maxilar, descolada com a explosão.

Leia também: Thiaguinho demite funcionário que feriu cão com bomba

A cirurgia correu bem e ela ficará internada por dois a três dias. A recuperação total deve levar até 60 dias.

De acordo com a entidade, a cadela será inserida no programa oficial de adoção da entidade e, estando recuperada, será castrada, identificada, vacinada e vermifugada.

Entenda o caso

A cadela ficou gravemente ferida após um integrante da equipe do cantor jogar uma bomba na frente do hotel Nacional Inn, de dentro de uma van. O artefato foi atirado quando parte da banda deixava o hotel na tarde de sábado para fazer um show na cidade vizinha de Sumaré. A bomba explodiu dentro da boca do animal.

O caso foi registrado como maus-tratos a animais, no 5º Distrito Policial. O nome do membro da equipe não foi divulgado. O delegado Antônio Eriberto Piva informou que o caso será investigado pela Delegacia de Proteção aos Animais de Campinas.

Segundo a UPA, a vira-lata, que era mascote dos taxistas do hotel, quebrou o maxilar, dentes e estourou o tímpano, além de ter sofrido várias queimaduras.

No domingo, o cantor Thiaguinho, que não estava no hotel com a equipe, informou por meio de um site de rede social na internet que havia sido surpreendido pela notícia do envolvimento de seu funcionário em episódio de maus-tratos contra animais.

Horas depois, foi divulgado em nota que o funcionário da equipe tinha "o intuito de comemorar as festas junina e julina". O texto também dizia que ele havia sido demitido e que seria dado todo atendimento necessário para o animal. Na nota, o cantor informou ainda que pensa em adotar o cão, caso ele não tenha dono.


    Leia tudo sobre: thiaguinhocadelabombaexplosão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG